Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]




À meia dúzia é mais barato

por Papoila Saltitante, em 07.01.16

O jogo não parecia bem encaminhado e a probabilidade de José Sá sofrer um golo parecia menor que a de ser Júlio César a enfrentar o desalento. A surpresa chegou à meia hora de jogo, lá numa bola perdida que já nem parecia dar para ninguém, e Pizzi faz o primeiro de seis golos, com muito mérito de Carcela, muito azar do defesa do Marítimo, e uma boa dose de sorte. Pizzi havia de tornar a marcar daí a quatro minutos e Raúl dois depois. Se a primeira meia hora de jogo deixara esta alma Benfiquista a fazer contas à vida, aqueles seis minutos deixaram-na a fazer contas aos golos: é que três em seis minutos é coisa para deixar uma pessoa confusa. Já na segunda parte, marcou Jonas dois pénaltis e Talisca entrou, literalmente, a ma(t)(rc)ar. Meros segundos depois de ter entrado em campo, num daqueles lances em que uma pessoa ainda se está a ajeitar no sofá e já houve um golo, Talisca fez lembrar o seu velho eu - quem não Talisca, não petisca.

Num jogo em que há goleada das antigas, com margem para mais dois golos não fosse Raúl Jiménez insistir em falhar oportunidades na cara do guarda-redes..., não deve haver grande espaço a críticas. Jonas brilhou mais uma vez, sem medo de procurar a bola fora da sua zona de conforto, insistindo em criar linhas de passe aos colegas e em pensar depressa e bem com a bola nos pés e sem ela. Pizzi, não sendo um jogador brilhante, parece estar a jogar os 50% que ainda estavam no Atlético de Madrid. Há males que vêm por bem. Lisandro López veio mostrar, mais uma vez, porque é uma alternativa perfeita ao capitão lesionado, salvando o Benfica de duas bolas particularmente perigosas enquanto ainda estava o marcador a zeros. Destaque especial para a celebração dos golos, quando nunca deixa Júlio César celebrar sozinho e transborda felicidade como se cada golo fosse o seu Euromilhões. Se o Fiorentina levar a sua avante e conseguir roubar-nos Lisandro López, fica desde já convocada uma manifestação à porta do Estádio da Luz.

Uma alegria destas a meio da semana veio mesmo a calhar. Que venha Domingo, Benfica. Eu, pessoalmente, não digo que não a outra exibição destas.

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 19:22



Mais sobre mim

foto do autor



Arquivo

  1. 2016
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D