Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]




A Papoila Saltitante

por Papoila Saltitante, em 03.01.16

Com o devido respeito que me merece o nosso glorioso hino, tenho de admitir que sempre me causou alguma urticária aquela última linha que compara as camisolas berrantes a papoilas saltitantes. Assumo-me fã incondicional de metáforas, mas esta deixa um pouco a desejar. Afinal, se a formos analisar a fundo, chegamos a diversas conclusões interessantes: Em primeiro lugar, nunca tive a oportunidade de assistir ao saltitar de uma papoila. É possível que tal se deva unicamente à minha falta de experiência na área da jardinagem, mas para bem da compreensão desta metáfora, seria interessante disponibilizar aos Benfiquistas a oportunidade de apreciar uma papoila em pleno saltito de vez em quando. Jogo sim, jogo não, substituía-se o voo da águia pelo saltitar da papoila e resolvia-se o assunto de uma vez. É uma ideia a considerar. Em segundo lugar, esta metáfora parece inapropriada para as situações em que a equipa se vê obrigada a variar os equipamentos. Levanta-se a seguinte questão: Quando o Benfica joga de branco cândido, as camisolas continuam a poder ser comparadas a papoilas saltitantes? É que toda a gente sabe que as papoilas brancas são uma excelente fonte para a produção de estupefacientes, e eu não sei até que ponto será benéfico para a imagem pública do clube aparecer associado a atividades ilícitas. São questões como esta que me preocupam. Além disso, há-que admitir que é palavreado que abre a porta a insultos fáceis. Ser chamado de papoila saltitante aquando de uma discussão acesa acerca de qual dos clubes tem o melhor lateral esquerdo, por exemplo (hipoteticamente, claro está, já que benfiquista que se preze não tomaria parte em discussões destas enquanto o Eliseu estiver no plantel), é não só extremamente provável, como é passível de ser acompanhado de um tom jocoso, uma careta de desdém, porque, de facto, trata-se de um nome parvo. E o adepto benfiquista não pode escapar. Afinal, segundo o hino, o adepto benfiquista é, efetivamente, uma papoila saltitante e admite-o com um orgulho muito seu, de cachecol em riste, sempre que vai ao estádio. É uma situação complicada.

Por isso, e em honra à pior metáfora do futebol português, arrisquei-me a chamar a este espaço Papoila Saltitante. Até as piores coisas do Benfica me falam ao coração.

Autoria e outros dados (tags, etc)

Tags:

publicado às 14:52



Mais sobre mim

foto do autor


Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.


Arquivo

  1. 2016
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D